Ótimos títulos

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Anônimo


Anônimo era um jovem temente a Deus. Certo dia, ele foi visitar seu amigo que estava enfermo, uma doença que em poucos dias o levaria à morte.

Mas Anônimo sabia que ainda havia esperança para seu amigo.
Anônimo amava demais seu amigo para achar que ele morreria da doença.

Quando crianças, os dois se divertiam pelas ruas da sua cidadezinha. Ruas estreitas, cheia de pessoas pobres e humildes. Mas os Anônimo e seu amigo eram felizes.


Cresceram juntos, iam juntos para a escola, pescavam juntos no rio que corre atrás da cidade, conversavam sobre o futuro. Eram inseparáveis.


Até que a doença escolheu dentre os dois para levar para a sepultura.

Anônimo ficou triste. Mas tinha esperança.

Disse a seu amigo que iria na cidade grande conversar com um homem que ele acabara de conhecer, e que estaria de volta em breve.


Anônimo conheceu o homem quando este passou por sua cidade, a caminho da cidade grande.

Ficou admirado com a sabedoria dele, era um homem que amava as pessoas mais do que a si mesmo.


Por isso Anônimo correu, procurou por vários lugares. Até que não foi difícil, pois o homem atraia uma multidão de pessoas para ouvir sua sabedoria.


Anônimo sabia quem era o homem. Sabia o que ele podia fazer pelo amigo. Sabia que o seu amor pelas pessoas o faria voltar para a cidadezinha de onde tinha vindo. Seu amigo precisava do homem!


Ao entrar na casa onde o homem estava hospedado, abaixou-se, com o rosto em terra, e falou:


-- Senhor, eis que está enfermo aquele que tu amas.


Sim... Anônimo baseou-se no amor perfeito de Jesus pelo ser humano, e não no amor imperfeito que os humanos tem pelo Senhor. Por isso ele disse "aquele que tu amas".


Como é grande e perfeito o amor de Deus por nós, pecadores! O Senhor interrompe sua conferência para ouvir Anônimo interceder por seu amigo.

Uma simples mas poderosa oração faz o ambiente silenciar-se. Faz o mundo parar de girar. O Senhor ouve!


O Senhor te ama demais, leitor/leitora. O Senhor te ama demais para deixar de te ouvir, por mais simples que seja a tua oração! Ele te ouve!

"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" (João 3:16).



Um abraço deste seu conservo, que não perde a esperança!

Fernando

2 comentários:

  1. Graça e paz!
    Vim conhecer seu Blog e quero te parabenizar pela bênção que pude ver aqui.
    Já estou seguindo.
    Venha dar a honra de sua visita no PASTORAGENTE.BLOGSPOT.COM e, se quiser seguí-lo, vai ser uma alegria para mim.
    Lá eu exponho da forma mais realista e divertida possível as situações, dúvidas e experiências de uma simples pastora como eu.
    Fique na paz e um 2010 abençoado para você e toda sua família.
    Abração!!!

    ResponderExcluir
  2. Seja bem vinda, Pastora... obrigado pelo seu comentário, visitei o seu blog e também estou seguindo... parabéns, por ele!!!

    ResponderExcluir